Vasinhos podem virar varizes?

Como já falado em um post anterior aqui mesmo no blog do Instituto Pró-Vascular, as varizes são a doença vascular mais frequente na população, sendo mais comuns que as doenças coronarianas (que levam ao infarto do miocárdio), acidente vascular cerebral (derrame cerebral), tromboses nas pernas (venosas ou arteriais) e demais problemas de circulação. Se você quer saber se vasinhos podem virar varizes, continue lendo o post do blog!

Mantenha suas pernas bonitas; evite que as varizes aumentem. Trate o mais breve possível.

Antes de responder à pergunta título “vasinhos podem virar varizes?”, quero dizer que as varizes compreendem um amplo espectro de veias dilatadas, sendo os vasinhos as menores varizes e as veias dilatadas e salientes nas pernas o outro extremo, estas últimas podendo levar até mesmo à formação de úlceras varicosas (feridas dolorosas e de difícil tratamento) e flebites (varizes inflamadas e com coágulos nos seus interiores).

A resposta para o título: vasinhos podem virar varizes?

Pois bem, embora tanto os vasinhos quanto as veias saltadas sejam varizes, vasinhos nunca podem virar varizes! Isso ocorre porque a formação destes diferentes tipos de veias se dá em locais diferentes e por estruturas distintas. Os vasinhos são dilatações de pequenas veias muito superficiais da epiderme (a camada mais superficial da pele), enquanto as varizes propriamente ditas estão no subcutâneo, a camada mais profunda da pele. Portanto, se você é portadora de vasinhos, saiba que estes não se tornarão varizes. Mas fique atenta, isso também não é garantia de que você não terá varizes calibrosas concomitantemente. Se você tem vasinhos, a chance de ter varizes é grande, mas um nunca será o futuro do outro.

O que fazer?

Para manter suas pernas bonitas, e acima de tudo saudáveis, o ideal é fazer o tratamento dos vasinhos e das varizes o mais breve possível, pois tanto melhor o resultado, tanto estético quanto funcional, quanto mais cedo for realizado o tratamento.

Lembre-se que o tratamento das varizes é de competência do médico, sobretudo os especialistas em doenças circulatórias, ou seja, o cirurgião vascular. Para indicar o melhor tratamento o cirurgião vascular cursou 6 anos de medicina e mais quatro anos de especialização, portanto dez anos de estudo para saber diagnosticar e tratar as varizes da melhor forma possível. Não caia na tentação de dar suas pernas para profissionais não médicos. O barato pode sair caro!

Leia mais aqui no site sobre o tratamento dos vasinhos e das varizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *