Musculação e atividades físicas provocam varizes?

Tempo de leitura: 7 minutos

Neste artigo (com vídeo) você saberá se pode, o que pode e como pode fazer musculação e atividades físicas para ajudar sua circulação venosa nas pernas, e muito mais…

Perguntam-me frequentemente se exercícios físicos e musculação podem agravar ou provocar varizes nas pernas. E você, o que acha?

Vamos então ao raciocínio…

causa de varizesExistem duas condições que são fundamentais no que se refere à causa das varizes: história familiar, ou se preferirem, a genética, e a evolução natural que é o envelhecimento. Começando pela segunda causa, parece mais ou menos óbvio que as veias envelhecem assim como todas as estruturas do corpo. Se o cabelo fica branco (alguns até ficam sem cabelo!!!!) e a pele fica enrugada e perde a elasticidade, as veias também ficam mais frágeis com o passar dos anos e portanto podem dilatar e assim tornarem-se varicosas. O outro fator, a genética, ainda é impossível de ser mudada. Portanto, costumo dizer: quem tiver que ter varizes, vai ter; triste a notícia, não? Porém, existem formas e tratamento e de amenizar o problema, comentados em outro artigo do blog. Aliás, é possível envelhecer e manter as pernas muito bem, se tratadas oportunamente.

Além disso, como seres bípedes (seres humanos apoiam-se sobre duas pernas!), permanecemos muitas horas do nosso dia a dia em pé. Esta forma de viver naturalmente aumenta a pressão nas veias das pernas, não só pela resistência natural da circulação, como pela necessidade de o coração vencer a ação da gravidade para manter o sangue circulando. E para que haja uma boa circulação do sangue nas pernas, é necessário que os músculos dos membros inferiores estejam tonificados para ajudar a circulação.

duvidaJá tem uma dica se a atividade física ajuda ou prejudica a circulação nas veias nas pernas?

Quem respondeu que sim, que os exercícios físicos são benéficos para a circulação venosa das pernas, acertou!

Portanto é exatamente o contrário do senso comum, em que se fala que os exercícios físicos provocam varizes ou agravam as veias que já existem. Mesmo os vasinhos, que são muito mais superficiais que as varizes propriamente ditas, não são provocados pelos exercícios físicos. O indicado, é que se faça atividade física regularmente para tonificar os músculos das pernas e melhorar o retorno venoso. Essa é uma orientação tão importante, que é dada pela NIH- National and Health Institute (Instituto Nacional de Saúde – em tradução livre, um órgão do governo americano que define programas de prevenção e educação em saúde – órgão extremamente importante, diga-se de passagem).

Quais exercícios físicos fazer?

Obviamente, tratando-se de varizes nas pernas e circulação venosa, o indicado é que se pratique um exercício ou atividade física que tonifique os músculos das pernas e coxas, como já mencionei antes, porém, não existe um exercício que seja melhor ou pior.

Corrida, bicicleta, hidroginástica… são ótimos exercícios.

Musculação não provoca varizes
Musculação não provoca varizes

E a dúvida mais comum: musculação provoca varizes? A resposta é: depende. Se você deseja fazer uma atividade moderada, sem pretenções de desafiar os limites do bom-senso, musculação pode sim ser feita sem risco de provocar ou agravar as varizes. Já pessoas com ambições de fisiculturismo devem ter cuidado, pois se já existe uma predisposição familiar, atividades isométricas intensas podem acentuar as varizes. Portanto, be careful. Já para a maioria das pessoas, não há problema algum, muito pelo contrário, só há a ganhar. O mesmo é válido para a tradicional dúvida: subir escadas provoca varizes? Seguindo o mesmo raciocínio, a resposta é não! Se quiser saber mais sobre escadas, salto alto…assista o vídeo sobre o assunto, aqui mesmo no blog.

Falando em exercícios físicos, é indispensável uma avaliação médica prévia, preferencialmente com um cardiologista ou médico especializado no assunto, sobretudo para pessoas acima dos 50 anos ou aqueles com comorbidades, como diabetes, pressão alta, etc.

Indivíduos saudáveis geralmente tem baixo risco cardiológico, porém só com uma consulta médica bem feita, e eventualmente exames complementares, é possível identificar quem tem maiores riscos. Certamente você não quer fazer parte daquela minoria que tem um desfecho desfavorável praticando atividades físicas!

Além dos benefícios na circulação venosa nas pernas, exercícios físicos, sobretudo os aeróbicos, proporcionam um condicionamento cardiovascular que reflete numa melhor qualidade de vida para os praticantes.

who

A OMS (Organização Mundial da Saúde), que dispensa apresentações, recomenda que sejam praticadas atividades físicas diárias (ou pelo menos regularmente), com variações para determinadas faixas etárias, com o objetivo de evitar doenças como infarto, acidente vascular cerebral, diabetes, etc. (veja a lista abaixo).

Prática de níveis adequados de atividade física (recomendação da Organização Mundial da Saúde):

  • Melhora condicionamento muscular e cardiorespiratório
  • Melhora a saúde óssea e funcional
  • Reduz o risco de hipertensão arterial, doença coronariana, acidente vascular cerebral, diabetes, câncer de mama e cólon
  • Reduz o risco de quedas, consequentemente de fraturas
  • É fundamental para o controle do peso corporal

Sem contar os benefícios para melhorar ou evitar a depressão, estresse e ansiedade.

ansiedade

Além disso, exercícios físicos são imprescindíveis para quem pretende emagrecer. Dietas para emagrecimento, quando combinadas com um programa adequado de exercícios físicos, tendem a manter a pessoa dentro do peso com maior facilidade. Parece óbvio, mas nosso cérebro fixa melhor informações que até são conhecidas se forem frequentemente repetidas. Isso não é recomendação minha apenas, mas da própria Organização Mundial da Saúde.

Dicas para começar exercícios físicos

begin

O assunto é tão importante para a saúde, que resolvi dar essas dicas para encorajar aqueles que precisam vencer a inércia para começar.

 

Para iniciar um programa de exercícios ou atividades físicas que seja duradouro e não se torne aquele plano anual da academia que é frequentado apenas nas duas primeiras semanas, planeje uma rotina que seja fácil de seguir e de manter. Anotar em um pedaço de papel em lugar visível torna a adesão ao programa algo mais factível. Além disso:

  • Escolha algo que você gosta. Atividade física deve ser divertida
  • Determine se sua preferência é por atividades individuais ou em grupo. Esportes coletivos podem ser mais estimulantes para algumas pessoas.
  • Coloque os períodos de atividade física em sua rotina
  • Não deixe sua atividade física acabar com a sua conta bancária. Evite planos muitos extensos na academia no início, até adaptar-se. Pode ser que descubra algo mais atrativo se você é um iniciante e não foi um atleta anteriormente.
  • Não invista em equipamentos ultra-sofisticados no início, você não sabe se é realmente é isso que lhe agrada. Afinal, você ainda não é um atleta olímpico.
  • Variedade dá sabor à vida. Programe variações de tempos em tempos, assim você não ficará entediado.

Não desista na primeira “curva, assim que os exercícios físicos se tornarem uma rotina, quando você não praticar, vai sentir que está faltando alguma coisa.

Como praticante de exercícios físicos diários, posso afirmar que meu dia flui muito melhor após sair da academia.

E não se esqueça, tempo, nós é que fazemos…

Comece devagar para não se machucar.

Bem, o artigo era sobre exercícios físicos e varizes, e acabou mostrando benefícios globais e a importância das atividades físicas; certamente essas informações serão úteis.

Boa sorte.

Ops, o vídeo está logo abaixo. Um abraço!

Links interessantes: