7 dicas para evitar trombose venosa em viagens longas.

Tempo de leitura: 3 minutos

trombose em viagem de avião

A trombose venosa profunda é uma obstrução do sistema venoso profundo e ocorre mais frequentemente nos membros inferiores. Essas doença é potencialmente grave, pelo fato de poder levar à embolia pulmonar que é o desprendimento de um coágulo destas veias, que irá se alojar na circulação pulmonar. Leia mais sobre embolia pulmonar…

A trombose venosa profunda (TVP) tipicamente é uma doença que afeta principalmente pacientes hospitalizados, sobretudo aqueles que são submetidos a cirurgias de grande porte, cirurgias para colocação de próteses de quadril e joelho, pacientes com câncer, pessoas acamadas prolongadamente e pacientes com doenças agudas graves.

Trombose venosa acomete pessoas previamente saudáveis?

Sim, a trombose venosa também pode ocorrer em pacientes sem nenhuma doença conhecida e pode ocorrer espontaneamente.

Destes pacientes sem motivos aparentes para trombose venosa profunda, alguns já nascem com defeitos da coagulação sanguínea (conhecidos como trombofilias genéticas) e em determinado momento da vida apresentam a trombose. Outros, neste caso as mulheres, são usuárias de anticoncepcionais (Leia mais sobre anticoncepcionais e varizes) e esses medicamentos também aumentam a chance de ocorrer a trombose venosa profunda, principalmente em fumantes. Portanto, cuidado, cigarro e anticoncepcionais não combinam. (aliás, cigarro não combina com nada!)

Outro fator que pode estar relacionado à trombose venosa profunda, é a permanência por muitas horas sentado ou deitado em uma mesma posição, como ocorre em viagens longas. Aí é que se enquadra a trombose venosa e as viagens de avião. Porém não se alarde, a incidência da trombose venosa em pessoas saudáveis e que fazem viagens longas, sejam de avião, carro, ônibus, etc, é baixa. Isso tanto é verdade que as diretrizes mais recentes do American College of Chest Physiciansuma sociedade médica dos Estados Unidos que praticamente orienta as medidas para prevenção e tratamento da trombose venosa no mundo, não recomendam medicamentos ou equipamentos especiais para prevenir a trombose venosa. Para pacientes com outros fatores de risco ou trombose anterior a coisa é diferente e essas pessoas devem procurar um especialista antes de viagens longas.

Entretanto, valem as dicas de prevenção de trombose para se minimizar ainda mais o risco:

1. Faça periodicamente pequenas caminhadas para ajudar a circulação venosa.

2. Hidrate-se bem. Pacientes bem hidratados têm menor risco de trombose venosa.

3. Evite o consumo excessivo de álcool durante a viagem, pois isso pode provocar um sono profundo que fará com que você fique imóvel e aumente o risco da trombose venosa.

4. Evie medicamentos potentes para dormir. Da mesma forma que o álcool, pode provocar imobilizações durante o sono e aumentar a chance da trombose venosa.

5. Utilize meias elásticas. As meias podem ajudar o retorno venoso e diminuir a incidência da trombose venosa. Mas lembre-se as meias devem ser prescritas por especialistas, pois há pacientes que não podem utilizá-las.

6.  Alongue as pernas, mesmo sentado, sempre que possível. Isso ajuda a movimentar a musculatura da panturrilha e ajuda a circulação venosa.

7. Evite roupas muito apertadas. Isso pode prejudicar o retorno venoso, aumentando o risco de trombose venosa.

 

Lembrando, pessoas com fatores de risco adicionais ou trombose venosa prévia devem consultar um especialista antes de viajar.

Boa viagem!