Varizes na gravidez somem depois do parto?

Tempo de leitura: 4 minutos

A gestação é um momento único da vida da mulher e provoca várias alterações no organismo feminino. A gravidez pode provocar o aparecimento de varizes em mulheres que já têm uma predisposição – e você deve estar se perguntando: elas somem depois do parto?

Cuidados simples como uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas regularmente podem ajudar a grávida a minimizar o problema, mas a genética é o fator principal.

Mas, e se elas aparecerem? As varizes na gravidez somem depois do parto?

Fique tranquila! Hoje, o artigo do Blog do Instituto Pró-Vascular vai tirar essas e outras dúvidas.

Maioria das varizes desaparece após o parto

Como mencionado, dos fatores que levam ao aparecimento das varizes, a genética é o principal. Assim, mulheres que apresentam antecedentes familiares de varizes estão em desvantagem e a gravidez é um fator a mais.

A boa notícia para as mulheres que observaram o aparecimento de varizes durante a gestação é que grande parte delas desaparece após o parto, entretanto, as varizes que já estavam presentes antes da gravidez não vão desaparecer. Para estas veias que surgiram na gestação ou para as veias que não desapareceram após o parto, só o tratamento específico através de escleroterapia (secagem de veias – saiba mais sobre a escleroterapia) ou cirurgia (saiba mais sobre cirurgia para tratamento das varizes).

Dois a três meses de observação…

Embora a ansiedade seja grande, é preciso ter paciência antes de se desesperar. O organismo da mulher vai retornando aos poucos ao estado pré-gestacional, ou seja, as modificações do corpo da mulher não voltam ao normal do dia para a noite. Habitualmente são necessárias oito semanas, ou mais, para que a mulher comece a perceber as mudanças. Assim, recomenda-se que sejam aguardados de dois a três meses para que se tenha ideia de quais varizes sobraram e que necessitarão de tratamento específico. 

E lembre-se, as varizes na gravidez somem depois do nascimento do bebê, pelo menos uma boa parte delas.

Procurar ajuda médica

Após o período de dois a três meses depois do parto, recomenda-se que a mulher que tem varizes procure um especialista, o cirurgião vascular, para uma avaliação e aconselhamento.

Muitas destas varizes remanescentes podem ser tratadas em consultório através da secagem (escleroterapia). Outras, geralmente as mais calibrosas e as que já existiam antes da gestação, podem precisar de um tratamento um pouco mais elaborado e serem removidas em uma cirurgia. Mas não se desespere, atualmente a cirurgia de varizes pode ser muitas vezes feita sob anestesia local, em um procedimento ambulatorial e sem atrapalhar a vida do paciente! Saiba mais sobre a recuperação da cirurgia de varizes.

Cuidados que podem ajudar evitar varizes na gravidez

São inúmeras as alterações hormonais durante a gestação. Por isso, o aparecimento de varizes neste período torna-se comum, principalmente para mulheres que têm antecedentes familiares de varizes.

As varizes na gravidez somem após o parto – ou grande parte delas, mas, algumas medidas podem ajudar a evitar o aparecimento delas, ou pelo menos, minimizar o problema.

  • Mantenha seu peso dentro do esperado para o seu período de gravidez: sobrepeso sobrecarrega a drenagem venosa e é prejudicial para a circulação.
  • Faça atividades físicas regularmente: consulte seu obstetra e informe-se sobre as atividades permitidas para você.
  • Eleve as pernas sempre que possível: isso ajuda o retorno venoso das pernas, alivia a pressão sanguínea nas veias e contribui para minimizar a formação das varizes.

Meias elásticas na gravidez

Embora com uma aparência não muito chamativa e difíceis de serem calçadas, as meias elásticas têm seu papel durante a gravidez, ou mesmo fora dela. Engana-se que elas servem para prevenir o aparecimento das varizes, isso mesmo, elas não evitam as varizes, mas podem ajudar a aliviar os sintomas de peso, cansaço e inchaço nas pernas durante a gestação, principalmente no final da gravidez.

Portanto, se você gestante tem sintomas, o uso é recomendado, caso contrário, pode ser dispensável. Lembre-se, meias elásticas são devem ser prescritas por médicos, evite comprar meias sem recomendação de um profissional, pois em algumas situações ela pode ser até prejudicial.

Espero que esse artigo tenha respondido a questionamentos como: as varizes na gravidez somem depois do parto?

Se ainda tem dúvidas, entre em contato com o Instituto Pró-Vascular para saber mais sobre o assunto. Fale conosco!